Você está em: Notícias»Vereadores aprovam projeto que disponibiliza divulgação do Disque 180 nos sites dos poderes Legislativo e Executivo

Vereadores aprovam projeto que disponibiliza divulgação do Disque 180 nos sites dos poderes Legislativo e Executivo

Vereadores aprovam projeto que disponibiliza divulgação do Disque 180 nos sites dos poderes Legislativo e Executivo
A Câmara de Vereadores aprovou por unanimidade na sessão de terça-feira (24) o Projeto de Lei 10/2018, que prevê a divulgação do telefone 180 – da Central de Atendimento à Mulher – nos sites oficiais do Legislativo e Executivo de Gaspar. A proposta é de autoria do vereador Ciro André Quintino (MDB) e tem por objetivo colaborar com a diminuição dos casos de violência contra a mulher. “A visibilidade e o acesso do número 180 serão mais um alerta para os praticantes da violência e uma alternativa a mais para as vítimas e para pessoas próximos que possam denunciar a agressão”, destaca o parlamentar. Os números de violência são alarmantes. O Brasil é o sétimo país que mais mata mulheres. No ano passado, foram 4.473 feminicídios, um aumento de 6,5% em relação a 2016. Isso significa uma mulher sendo assassinada a cada duas horas no país. De acordo com a Secretaria de Estado da Segurança Pública, em Santa Catarina aconteceram 110 homicídios de mulheres em 2017 e outros 2,9 mil casos de estupro. Além disso, os números também revelam que, em média e por dia, são registradas 67 ocorrências. No estado, as mulheres vítimas de violência são atendidas nos Centros de Referência Especializados de Assistência Social (Creas). Em Gaspar, o órgão fica localizado na parte térrea do prédio Gascic, na Avenida das Comunidades, 133. Em 2016 o Creas registrou 53 casos de violência contra mulheres em Gaspar. Em 2017 foram 30 casos. E até agora, em 2018, 25 famílias estão sendo acompanhadas por causa de situações de violência doméstica. A Coordenadora do Creas de Gaspar, Thaíse Quadros, explica que o Disque 180 recebe denúncias de violência, reclamações sobre os serviços da rede de atendimento à mulher e orientações para as mulheres sobre seus direitos e sobre a legislação vigente, encaminhando-as para outros serviços quando necessário.


© 2018 - Desenvolvido por Lancer