Você está em: Notícias»Câmara aprova moção de apelo pela votação urgente da PEC dos Jornalistas

Câmara aprova moção de apelo pela votação urgente da PEC dos Jornalistas

Câmara aprova moção de apelo pela votação urgente da PEC dos Jornalistas
Os vereadores aprovaram na terça-feira (17) uma moção de apelo à Câmara dos Deputados para que seja votada com urgência a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 206/2012 que obriga a exigência de diploma de curso superior de jornalismo para exercer a profissão. A proposição foi apresentada pela vereadora Franciele Back (PSDB). A PEC chegou a constar na pauta do Congresso em julho de 2016, mas não foi apreciada. Desde então, a matéria não teve mais movimentação. Para Franciele, a aprovação não pode mais esperar, devendo ser votada assim que a intervenção no Rio de Janeiro acabar. “Ela visa à valorização destes profissionais formados e dos que buscam a formação em jornalismo, bem como preza pela qualidade e credibilidade da informação veiculada à população”, salienta a parlamentar, que também é jornalista. Uma espera de oito anos Em junho de 2009, o Supremo Tribunal Federal (STF) derrubou a necessidade de diploma para jornalistas. Um mês depois, o senador Antônio Carlos Valadares (PSB) apresentou a então PEC 33 - aprovada em agosto de 2012 pelo Senado Federal - que também dispensa o diploma para aquele que, sem relação de emprego, produz trabalho técnico, científico ou cultural, relacionado à especialização dele.


© 2018 - Desenvolvido por Lancer