Você está em: Notícias»Câmara requer informações sobre atuação de fornecedora de merenda escolar

Câmara requer informações sobre atuação de fornecedora de merenda escolar

Câmara requer informações sobre atuação de fornecedora de merenda escolar
O Plenário da Câmara aprovou na terça-feira (4) um pedido de informações sobre o contrato firmado entre a empresa Sepat, que fornece merenda escolar a 12 estabelecimentos de ensino, e a Prefeitura de Gaspar. O requerimento 151/2018 segue para esclarecimentos do Executivo, que tem 15 dias úteis para respondê-lo. Entre os questionamentos, estão os posicionamentos adotados pela Prefeitura e pela fornecedora quando o trabalhador terceirizado falta ao emprego. Além disso, indagam-se o número de merendeiras terceirizadas na ativa e quantas estão designadas para cada unidade escolar. Outro ponto levantado refere-se à alteração do cardápio. Os parlamentares querem saber se isso ocorre frequentemente e quais os procedimentos adotados pela Secretaria de Educação. Educação Foi aprovado também na terça-feira (4) o requerimento 154/2018 que solicita o valor atualizado do percentual investido em educação. Sobre o investimento, os parlamentares pedem que o Executivo detalhe o que foi gasto com ampliação estrutural, materiais, pessoal e melhorias da alimentação. De acordo com a constituição federal, os municípios devem investir no mínimo 25% da arrecadação na área. Ambos os documentos foram assinados pelo presidente da Câmara, Dr. Silvio Cleffi (PSC), e pelos vereadores Dionísio Luis Bertoldi (PT), Mariluci Deschamps Rosa (PT), Marisa Isabel Tonet Beretta (PSD), Roberto Procópio de Souza (PDT), Rui Carlos Deschamps (PT) e Wilson Luís Lenfers (PSD).


© 2018 - Desenvolvido por Lancer